• Escrito por: Visualizações do site12 view

Em muitas modalidades esportivas, o desempenho do sistema cardiovascular é o determinante da performance, o ótimo desenvolvimento desse sistema possibilita ao atleta suportar uma maior carga de treinamento. Existem diversas capacidades motoras que são necessárias para a performance esportiva. Entretanto, a força e a endurance têm apresentado uma grande influência nas adaptações cardiovasculares. O grau de endurance de um atleta resulta da capacidade do mesmo em absorver o oxigênio nos pulmões, transportá-lo para os músculos, que estão em constantes contrações e, utilizá-lo pelas vias metabólicas da musculatura. Sendo o sistema cardiovascular o responsável pelo transporte de oxigênio para a musculatura, ele ocupa então um papel-chave no desenvolvimento da endurance.

Durante a prática de exercícios físicos, há uma correlação positiva entre o aumento do consumo de oxigênio (VO2), pela musculatura ativa, com a potência de trabalho, até que se atinja volume máximo de O2 que pode ser captado, transportado e utilizado (VO2 max). Sabe-se que, a utilização dos ácidos graxos livres (AGL), provenientes dos triglicerídeos aumenta na faixa de 25 a 65% do VO2 máx. O triglicerídeo intramuscular soma de 2.000 a 3.000 kcal de reserva energética, tornando-se uma grande fonte de energia, superior àquela do glicogênio, a qual contribui com apenas 1.500 kcal.

Contudo, a grande reserva de triglicerídeos presente no tecido adiposo é mobilizada a uma velocidade lenta durante o exercício. Ademais, o aumento da capacidade de endurance em um atleta é conseguido através de métodos de treinamento de longa duração demandando tempo e persistência do atleta. Visando contornar estes obstáculos, o Burntorun surge como um blend de ativos ideal para o aumento da resistência física e queima de gordura.

BurnToRun é padronizado com ativos extraídos do guaraná e de frutas cítricas, potencializados pela l-carnitina. BurnToRun apresenta como diferencial ser gluten e OGM free, se tornando adequado para dietas veganas. Devido à sua composição, BurnToRun é capaz de acelerar a disponibilidade de gordura ao longo da prática de exercícios trazendo como benefícios: aumento da resistência física, redução de circunferências e melhoria do rendimento energético e da capacidade aeróbica. Estudo clínico mostrou que, em 8 semanas de suplementação com 1,3 g de BurnToRun, voluntários praticantes de esporte de alto desempenho obtiveram aumento do VO2max e da mobilização de gorduras.

No Brasil, o BurnToRun é disponível apenas em farmácias de manipulação.